Cantinho do Aziz

Adoro África, Moçambique então, é um dos meus países do coração, onde tenho laços sem fim. Mas não sou propriamente fã da comida africana, talvez por desconhecimento, acredito que sim.

 

 

Em Moçambique gosto do frango de churrasco, das chamuças e das lagostas, dispenso a matapa e a chima então não me convence.

Quando vivi em Cabo Verde não me apaixonei pela cachupa – antes pelo contrário – e de São Tomé gostei do peixe fresco, grelhado, ao natural.

De resto comi bons bifes grelhados na Namibia e na Cidade do Cabo. Nada mais a assinalar.

 

 

Talvez por isso nunca me deixei fascinar por restaurantes de cozinha africana e embora há muito ouvisse falar do Cantinho do Aziz, ali para os lados da Mouraria, nunca me deixei convencer. Até que um dia destes fui almoçar por perto e achei a esplanada tão convidativa que resolvi ir lá experimentar, poucos dias depois.

E retirem tudo o que disse antes e abram alas para aquele que se tornou num repente um dos meus novos restaurantes favoritos.

 

 

Bom, mas bom, original, diferente, exótico. Fiquei com vontade de voltar e voltar, levar amigos para poder partilhar e não descansar enquanto não provar todos os pratos do topo ao rodapé.

Uma esplanada “very typical” entre roupa estendida, escadinhas e pombos pelos beirais. Com um pé de bairro lisboeta e mesas com toalhas de capulana para não nos esquecermos que a viagem é para outro continente.

 

 

Um serviço simpático, rápido, eficiente, perfeito para quem vai almoçar numa escapadinha do trabalho. Mas onde não faltam sorrisos e boa disposição que trombas em África só nos elefantes.

Uma clientela multi étnica, multi color, multi cultural, multi tudo e mais umas botas. Há loiros escandinavos, senhoras de olhos em bico, homens de turbante, jovens mulheres de burka. Tudo junto à volta de pratos fumegantes com especialidades da casa. Que nesta casa tudo é especial.

Ou como diz a ementa, “as chamuças são as melhores de Portugal” o Caril de Camarão “É o maior culpado pelo certificado de excelência 2017 do Tripadvisor”, o Caril de Caranguejo “Highligted by New York Magazine Saveur”, o Makoufe “Prémio Time Out Melhor Prato 2013”, o Chacuti de Cabrito “Bestseller 2015”, o Bakra piripiri “ Youtube Sensation” entre muitos outros.

 

 

Como eramos só dois e ainda não conseguimos provar 10 pratos – com muita pena minha – acabámos por provar apenas a Chamuça de vegetais, o Caril de Camarão e o Makoufe – uma mistura de couves com molho de amendoim e coco, gambas e patas de caranguejo.

 

 

Estava tudo divinal.  Tão mas  tão bom que não vejo a hora de repetir. Estes e outros pratos. “This time for Africa”, já cantava a outra… 😉

Mais informações em: Cantinho do Aziz

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios têm *.


Preencha o CAPTCHA *