Os novos ramens do Principe Real

13177665_1738272789728714_9107131297935010755_n

 

Há uns anos atrás quando fui a Tóquio, jantei muitas vezes nuns pequenos restaurantes com uns balcões corridos, onde o único prato disponível eram umas sopas com massas, vegetais, ovos, galinha ou porco, camarões, cogumelos e polvilhados de cebolinho.  Tudo mergulhado num caldo de miso ou afins.

Estes restaurantes são principalmente frequentados por empregados de escritórios em Tóquio que ali vão jantar rapidamente uma destas sopas, antes de fazerem a viagem de comboio de volta a casa. Muitos vivem a mais de 2 horas de caminho, nos ainda chamados “subúrbios de Tóquio”.

Recordo-me do silêncio só interrompido pelo sorver dos noodles – nunca me habituei a este barulho – das caras enfiadas nas tigelas, do rosto fechado, da solidão que ali se sentia.

Recordo-me também das sopas hiper saborosas e do nome que entrou então no meu léxico: Ramen.

 

FullSizeRender_6

 

Tudo isto para fizer que fiquei muito contente quando soube que tinha aberto um novo restaurante de ramens, no Principe Real, em Lisboa. Chama-se Koppu, tem apenas 30 lugares e uma carta onde a estrela são os ramens: o miso ramen, o tonkotsu ramen,  o shoyu ramen e o tan tan ramen.

 

 

Além desta sopa,  na carta do Koppu há  ainda alguns pratos de massa, como yakisoba e noodles, ou entradas japonesas, como as gyosas ou bao, o pão cozido a vapor.

 

 

Para acompanhar há uma extensa carta de gins.

Fui com umas amigas lá jantar uma noite destas e duas pedimos um Tan Tan que supostamente é picante, mas que para o nosso gosto estava bem suavezinho, outra pediu um Ramen vegetariano que estava delicioso e a quarta pediu uma soba salteada com camarão que segundo nos disse estava boa mas um bocadinho salgada.

O serviço é simpático, embora ainda um bocadinho demorado. Chegámos às 20h30 e ainda bem que tinhamos reserva pois estava à pinha.

O Koppu está aberto todos os dias das 17h00 às 00h00.

 

 

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios têm *.


Preencha o CAPTCHA *