Populi – almoçar numa das praças mais bonitas da Europa

Já aqui me confessei várias vezes uma apaixonada pelo nosso país em geral e por Lisboa em particular. Acho que temos um país lindo, uma cidade maravilhosa  e costumo dizer que quanto mais viajo, mais constato que vivo no melhor sítio do mundo.

Durante muitos anos, tive uma pena imensa da atrocidade que se fazia à Praça do Comércio, enchendo-a de carros em vez de esplanadas, bares, restaurantes.

Felizmente que nos últimos anos lá conseguimos recuperar aquela que é uma das praças mais bonitas da Europa. Com uma luz única e o rio mesmo ali à beira. Uma praça que cheira a história que nos transporta para séculos idos e que nos devolve a alma. Uma praça  muito alfacinha, muito nossa.

E dá gosto ver como se enche hoje em dia, de vida, de gente, da nossa e da do mundo. Os cafés cheios, os restaurantes, as esplanadas.

 

 

Num dos últimos dias, aproveitando um  sol maravilhoso, resolvi ser turista na minha cidade e ir almoçar ao Populi, um dos restaurantes da Praça do Comércio – e a meu ver, um dos espaços da Praça que celebra melhor a culinária lusa numa ementa cheia de petiscos tão nossos. Vitela de bolota do Alentejo com Migas de Feijão frade, Broa de milho e Grelos, Garoupa da Costa Portuguesa e Pampo dos Açores, Cataplana de Marisco com Lavagante e Camarão de Moçambique, Bacalhau Lascado com Tomatada de Poejo e Broa de Milho, Polvo com Batata Doce e Grelos., Tábuas de Queijos e Enchidos bem portugueses… não é preciso mais pois não?

 

 

Eu pela minha parte depois de ter devorado a focaccia que veio com o couvert – adorooooo focaccia – provei um Tártaro de Atum com Abacate, Lima, Coentros e Maionese de Wasabi que estava muito bom. E como prato principal partilhei uma Caldeirada de Bacalhau com Ameijôa da Ria Formosa que estava uma maravilha dos Deuses.

 

 

Como sobremesa podia ser mais um bocadinho do prato – mas como não me deixaram 😉 – , lá tive que dividir um Clafloutis de Ginja de Óbidos que estava perfeito para uma pessoa como eu que não morre de amores por açúcar. No ponto.

 

 

Esteve-se tão bem pelo Populi… agora só tenho que voltar para provar todos os outros pratos 😉

 

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios têm *.


Preencha o CAPTCHA *