Diário de uma quarentena

 

 

 

Diário de uma quarentena (está tudo bem e estamos todos muito felizes por estarmos juntos e a saúde é o mais importante mas…. Alguém pode gritar REBENTA A BOLHA???)

6.30 da manhã – bebé palra, levanto me para por a chucha a ver se dorme mais um bocado.

6.45- bebé volta a acordar. Levanto me novamente e quando estou a tentar adormece lo com umas festinhas na cabeça, pequena F entra no quarto: “bom dia, o mano já acordou?” . Pequeno bebé arregala os olhos. Desisto que volte a dormir e levo os dois para a sala. Ponho um na espreguiçadeira e o outro no sofá a ver desenhos animados (os únicos do dia porque como toda a gente sabe as novas tecnologias são o demo). 

7.00 – hora de fazer torradas, sumo de laranja, café para mim, leite para todos. (Não há cá cereais que eu sou uma mãe responsável que adora lavar a porcaria do espremedor de citrinos todos os dias logo pela manhã).

7.30 – ligo o computador a ver se vejo mails e trabalho um pouco.

7.31- levanto me para ir mudar a fralda do bebé. F pede mais uma torrada.

8.00 – sento me novamente ao computador.

8.10 – F diz que se quer vestir e para eu lhe escolher a roupa. Primeira discussão do dia.

8.20 – volto a sentar me ao computador 

8.21 – bebé choraminga, vou à espreguiçadeira entretê lo um pouco. Não muito, não vá ficar ele demasiado dependente, mimado, however… 

8.40 – volto a sentar me ao computador 

8.45 – pequena F chega e pergunta se podemos jogar um dominó. Digo que sim, senão vai se ligar ao iPad e toda a gente sabe que as novas tecnologias são o demo da nova geração.

9.15 – acabamos o dominó, pequena F tem fome e pede um leite com chocolate e bolachas. Como sou uma mãe altamente consciente que o açúcar é um dos novos problemas da sociedade actual, dou lhe  um iogurte grego com morangos biológicos. 

9.30 – sento me novamente ao computador.

9.31 – pequeno bebé choraminga com sono. Pego e vou deita lo na cama. Faço festinhas para adormecer não se se vá sentir sozinho, desprezado e desenvolver inseguranças e baixa auto estima. 

9.50 – sento me novamente ao computador 

9.51- F chama me que quer ir a casa de banho e que eu vá com ela. Vou porque não quero que se sinta abandonada, sozinha, negligenciada, ainda por cima agora que teve um irmão. 

10.05 –  vou fazer as camas e dar um jeito à sala – brinquedos espalhados por tudo o que é lado, que os miúdos têm que se exprimir livremente. 

10.30 – sento me ao computador 

10.31 – bebé acorda. Mudar fralda. Vestir.

11.00. – tirar loiça da máquina 

11.25 – dar leite ao bebé, mudar fralda

12.00 – começar a preparar o almoço 

12.45 – almoçar

13.15 – arrumar a cozinha 

14.00 – ir deitar o bebé, fazer festinhas… combater os problemas de auto estima, insegurança, bla bla bla … 

14.15-  jogar uno com a pequena F senão ela agarra se ao iPad e toda a gente sabe que tudo menos isso (grrrrrrr….)

15.00 – sento me ao computador a ver se trabalho um bocado

15.01 – o bebé acorda 

15.30 – biberon e fralda

16.00- pequena F reclama que tem fome. Fazer torradas e descascar tangerina… (lutar contra a obesidade infantil bla bla bla)

16.30 – brincar um bocadinho com o bebé ( se temos filhos temos que lhes dar atenção se não vão ficar com problemas de auto estima, insegurança… bla bla)

17.00 – sento me ao computador a tentar trabalhar

17.01 – bebé tem sono, por na cama e fazer festinhas para adormecer ( para não se sentir sozinho, abandonado, senão algum dia ainda se vai agarrar aos iPads …. ou fartar se de comer açúcar… bla bla bla )

17.30 – ir fazer exercícios de escrita/matemática com a pequena F, senão ela agarra se ao iPad e tudo menos isso. ( o problema é que com a falta de hábito, se pergunto à miúda se quer ver iPad ela diz me que não, diz que quer brincar… comigoooooo 😩)

18.15 – dar banho à F. e ajudar a vestir o pijama

18.45 – bebé acorda, dar  banho, biberon e mudar fralda

19.45 – fazer jantar e dar jantar à F. 

20.30 – deitar a F depois de 5 minutos de iPad – nunca mais de 5 minutos que toda a gente sabe que as novas tecnologias são do demo. 

Ler história para estimular a leitura. Fazer festinhas por causa da tetra do abandono, auto estima, bla bla bla . 

20.40 – deitar o bebé. Festinhas, abandono, auto estima, bla bla bla 

21.00 – jantar e ver as últimas novas sobre o corona vírus… 

21.45 – desligar o computador (tentar recordar me porque é que cheguei a ligá lo…)

22.30 – cair na cama e tentar ler pelo menos uma página de um livro. 

#quarentena#trabalharemcasa#quemacreditaqueépossivel#matoaproximapessoaquemenvieplanosdegimparafazeremcasa#achammesmoquetenhotempoparafazerabdominais?#voucancelaranetflix#estouadaremlouca#istoesopararirnofundoestamosmuitofelizesporpodermospassartantotempojuntos#ounao#ospsicanalistasvaoficarricosdepoisdisto#seasescolasnaoreabremembreveasalaspsiquiatricasvaoencher#estoufartadeler#ounao#rebentaabolha#atejatenhosaudadesdoginasioqueodeio#istopareceumarecruta#vamossobrevivermasmal#uitantosdivorciosquevãohaverdepoisdisto

Tags:
Deixe um Comentário

<%-- Viagens --%> Blogs do Ano - Nomeado Viagens