Zé da Mouraria 2

Conheci o restaurante Zé da Mouraria há uns 5 anos atrás. A primeira que lá fui não sabia onde era, mas mal entrei na rua e vi uma fila de gente a encaminhar- se a passos largos para uma porta, percebi que era aí.
Só abre ao almoço, a cozinha é do melhor, doses enormes de petiscos do mais português que há.Bacalhau assado com batatas a murro, entrecosto com arroz de feijão, arroz de pato, ensopado de borrego e afins.

 

 

Na última semana fui com um grupo de amigos conhecer o Zé da Mouraria 2 que ao contrário do primeiro só abre para jantares. Fica ali na Gomes Freire quase a chegar aos Campos Mártires da Pátria e pode não ter o ar tasca do seu irmão mais novo, mas também não foge ao rústico. Já de família é a cozinha divinal  as doses enormessssss. Só para terem uma noção éramos 10 e dividimos 2 doses de bifinhos ao alhinho. Uma maravilha!!! E o arroz de coentros? Divinal. As batatas fritas estaladiças, a salada a saber a salada.

 

 

A seguir ainda veio um bolo tipo mil folhas que não podia ser melhor.

Fiquei com pena de não experimentar o bacalhau, a travessa de uma dose é maior que a mesa, mas assim até tenho uma razão para voltar em breve.

 

Tags:
Deixe um Comentário