Adeus 2016

 

4a7c0b2b-b9e5-4feb-9959-36074f65ae87

 

Adeus 2016… foste um ano assim-assim que não ficará na memória por coisas especialmente boas. Tive a felicidade de manter os meus, mas vi amigos próximos a perder os deles. E outros a fazerem das tripas coração para manter o barco à toa. No meio, entre gincanas, continuei a ver a minha pequena F. a crescer com saúde e a manter o sorriso apaixonado sempre que olha para mim, o que é uma benção. Continuei a amar e a ser amada. Por aqueles a quem tanto quero. Conheci mais mundo e, quero acreditar, melhor mundo do que aquele que nos fazem crer que predomina nos noticiários. Conheci pessoas de sorriso aberto, de abraço franco, amigas não só de quem lhe é próximo mas também de quem se aproxima.
Foi um ano de convívios, de mergulhos e patuscadas, num alpendre aberto que espero que continue a acolher sempre os que são nossos. Juntos construímos memórias e se não podemos viver para sempre, pelo menos que façamos por viver momentos que recordemos para sempre.
Mas foi também um ano de medos, de sustos e de incertezas.
2016 trouxe os 40 de uns e os 80 de outros. Com tudo o que bom e de mau isso traz. Gosto de festejar a vida mas não a passagem do tempo.
Não me vou despedir de 2016 com saudade embora saiba que um dia ainda vou ter muitas saudades de 2016.
Um bom ano para todos aqueles que me lêem, os que tentam, e os que fazem por isso mas não conseguem.
Em 2017 continuem por aí que prometo que seremos ainda mais felizes juntos.

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios têm *.


Preencha o CAPTCHA *