Um jantar perfeito para Domingo

DSC_5258

Sopa da Neve

Estava muito frio e um dia de neve perfeita na estância de esqui de Wengen, na Suíça. Depois de uma manhã a descer pistas, resolvi parar num dos cafés da rua principal e pedir uma sopa de cebola gratinada. Este prato recorda-me sempre dias frios, dias na neve e tem o condão de aquecer, de me reconfortar.

Sentei-me à janela, na mesa ao meu lado reparei que um senhor dos seus 80 e tal anos, cabelos brancos e olhos azul claro, pediu a mesma sopa. Trocámos olhares, sorrisos e não foi preciso muito mais para começarmos a conversar. “Então, primeira vez em Wengen?” perguntou-me ele. “Sim, e estou a adorar”, respondi.

 


“Eu sou daqui… e já gostei mais, sabe? Até aos anos 40, antes de haver os teleféricos, isto era um paraíso”…. e assim começou… contando-me que tinha começado a esquiar com três anos de idade, “na altura era o nosso meio de transporte, a nossa ligação ao mundo”. Da necessidade nasceu o engenho e acabou por ganhar onze campeonatos de esqui e duas medalhas nos Jogos Olímpicos. “Karl Molitor”, apresentou-se, no meio do meu almoço de sopa de cebola gratinada.

Até terminar, ainda fiquei a saber que o meu companheiro de repasto é que tinha criado as primeiras botas destinadas à prática do esqui. De pele, como se usava então. “Cheguei a fazer cinquenta pares por dia, tinha sessenta empregados, exportava para o mundo inteiro”. Até 1973, altura em que as botas de plástico conquistaram o mercado. “Não são a mesma coisa, mas também são boas”, rematou, já conformado com a evolução dos tempos.

Despedimo-nos já a meio da tarde, lá fora nevava. “Quando quiser apareça”, disse-me, “convido-a para uma sopa!”, rematou, com um sorriso largo.

Para 4 pessoas

  • 6 cebolas cortadas em rodelas finas
  • 4 fatias de pão alentejano ou de Mafra
  • 750 ml de caldo de carne
  • ½ copo de vinho branco
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de chá de farinha sem fermento
  • Queijo gruyère ralado

Derreta a manteiga em lume baixo e adicione as cebolas já fatiadas. Mexa e deixa a cozinhar durante uns 15 minutos. Polvilhe a farinha e misture bem. Adicione o vinho e o caldo de carne e deixe cozinhar durante 20 minutos.

Aqueça o forno previamente a 180 graus; corte quatro fatias de pão e torre-as ligeiramente numa torradeira. Quando estiverem tostadas, deixe-as arrefecer e de seguida cubra-as com o queijo ralado. Divida a sopa por 4 taças que possam ir ao forno ou num único pirex e ponha as fatias de pão com queijo por cima da sopa.

Coloque no forno. Estará pronto quando o queijo estiver a borbulhar. Sirva de imediato.

 

DSC_5261

 

 

 

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios têm *.


Preencha o CAPTCHA *