Borrego na Tagine

Foi preciso uma quarentena para finalmente estrear a tagine que trouxe de Marrocos há quase 6 anos atrás.

E parece que depois desta primeira vez vai estar muitas vezes a uso. É que esta receita não ficou boa. Ficou maravilhosa!!!

 

 

 

Aproveitando ser Páscoa o rei e senhor foi o borrego. Para 4 pessoas a receita foi a seguinte:

  • 1 quilo de pá de borrego que depois desossei
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 1/2 copo de vinho branco
  • 1 colher de sopa de Ras El Hanout – mistura de especiarias marroquinas, tem coentros, canela, gengibre, flores de lavanda, pétalas de rosa, pimenta preta, pimenta Caiena, cássia, galanga, noz moscada, pimentão doce, caramono, cravo da Índia.
  • sumo de 1 limão
  • 1 mão cheia de coentros picados

Envolver bem o borrego com o Ras El Hanout – compra-se nas grandes superficies ou El Corte Inglês –  e deixar a marinar de um dia para o outro, com vinho, azeite, sumo de limão e os alhos picados.

No dia seguinte cozinhar na tagine – com o molho da marinada – em lume baixo durante 1 hora. No fim polvilhar com coentros picados.

Eu acompanhei com courgetes, beringelas e cogumelos salteados com alho, azeite e uma colher de chá de Ras El Hanout.

 

 

Tags:
Deixe um Comentário

<%-- Viagens --%> Blogs do Ano - Nomeado Viagens